sábado, 8 de fevereiro de 2014

Roteiro de estudos: Pré-História


Roteiro de estudos: Pré-História

PRÉ-HISTÓRIA


More PowerPoint presentations from Edenilson

Teste seus conhecimentos sobre a Pré-História
Lista de questões nº 02 - História Geral 
(ano letivo 2014)
Tema: A Pré-História







1. (Fuvest 2012) Há cerca de 2000 anos, os sítios superficiais e sem cerâmica dos caçadores antigos foram substituídos por conjuntos que evidenciam uma forte mudança na tecnologia e nos hábitos. Ao mesmo tempo que aparecem a cerâmica chamada itararé (no Paraná) ou taquara (no Rio Grande do Sul) e o consumo de vegetais cultivados, encontram-se novas estruturas de habitações.

André Prous. O Brasil antes dos brasileiros. A pré-história do nosso país. Rio de Janeiro: Zahar, 2007, p. 49. Adaptado.


O texto associa o desenvolvimento da agricultura com o da cerâmica entre os habitantes do atual território do Brasil, há 2000 anos. Isso se deve ao fato de que a agricultura
a) favoreceu a ampliação das trocas comerciais com povos andinos, que dominavam as técnicas de produção de cerâmica e as transmitiram aos povos guarani.
b) possibilitou que os povos que a praticavam se tornassem sedentários e pudessem armazenar alimentos, criando a necessidade de fabricação de recipientes para guardá-los.
c) proliferou, sobretudo, entre os povos dos sambaquis, que conciliaram a produção de objetos de cerâmica com a utilização de conchas e ossos na elaboração de armas e ferramentas.
d) difundiu-se, originalmente, na ilha de Fernando de Noronha, região de caça e coleta restritas, o que forçava as populações locais a desenvolver o cultivo de alimentos.
e) era praticada, prioritariamente, por grupos que viviam nas áreas litorâneas e que estavam, portanto, mais sujeitos a influências culturais de povos residentes fora da América.


resposta da questão 1:[B]

Comentário da questão:


O desenvolvimento da agricultura está relacionado à sedentarização das sociedades, fato que, grosso modo, podemos perceber na passagem do período Paleolítico para o Neolítico da pré-história, após a “Revolução Agropastoril”, que traz à tona o desenvolvimento do cultivo de alimentos e a domesticação de animais. Além disso, surge a necessidade de armazenamento da produção após a colheita, o que implica a fabricação de recipientes, como por exemplo os de cerâmica.


2. (Upe 2012) Entre os nômades, o trabalho não tem o mesmo valor que nas sociedades agrárias. Os índios Ianomâmi, da Amazônia, desenvolvem suas atividades, em média, três horas por dia e não valorizam o trabalho nem o progresso tecnológico. Os Guaiaqui, caçadores nômades da floresta paraguaia, passam, pelo menos, metade do dia em completa ociosidade. Quanto ao desenvolvimento social, do pensar e do fazer dos primeiros humanos, é correto afirmar que a
a) produção de novas ferramentas de pedra polida foi a transformação mais importante ocorrida nesse período.
b) fabricação de ferramentas e a utilização do fogo evidenciam que a sobrevivência humana não está diretamente relacionada à adaptação cultural do homem.
c) abundância de recursos animais e vegetais promoveu a sedentarização do homem.
d) capacidade de conseguir mais alimentos deu ao homem menor controle sobre o meio ambiente.
e) troca da caça e da coleta pela agricultura ocorreu de maneira súbita.


 resposta da questão 2:[C]

3. (Ufg 2010) As pinturas rupestres são evidências materiais do desenvolvimento intelectual dos seres humanos. Embora tradicionalmente estudadas pela Arqueologia, elas ajudaram a redefinir a concepção de que a História se inicia com a escrita, pois
a) funcionam como códices velados de uma comunidade à espera de decifração.
b) expressam uma concepção de tempo marcada pela cronologia.
c) indicam o predomínio da técnica sobre as forças da natureza.
d) atestam as relações entre registros gráficos e mitos de origem.
e) registram a supremacia do indivíduo sobre os membros de seu grupo.



resposta da questão 3:[A]


4. (Uftpr 2008) Tradicionalmente, podemos definir a pré-história como o período anterior ao aparecimento da escrita. Portanto, esse período é anterior há 4000 a.C, pois foi por volta desta época que os sumérios desenvolveram a escrita cuneiforme. Com base nesse entendimento, qual a alternativa que apresenta características das atividades do homem na fase paleolítica?
a) Os homens aprenderam a polir a pedra. A partir de então, conseguiram produzir instrumentos (lâminas de corte, machados, serras com dentes de pedr mais eficientes e mais bem acabados.
b) Os homens descobriram uma forma nova de obter alimentos: a agricultura, que os obrigou a conservar e cozinhar os cereais.
c) Semeando a terra, criando gado, produzindo o próprio alimento, os homens não tinham mais por que mudar constantemente de lugar e tornaram-se sedentários.
d) Os homens conheciam uma economia comercial e já praticavam os juros.
e) Os homens ainda não produziam seus alimentos, não plantavam e nem criavam animais. Em verdade, eles coletavam frutos, grãos e raízes, pescavam e caçavam animais.


resposta da questão 4:[E]




5. (Vunesp 2009) Considere o texto a seguir, para responder à questão de número 5.

A agricultura nasceu de maneira simultânea em diferentes áreas do planeta. Alguns estudiosos acreditam que a escassez de animais e vegetais contribuiu para buscarmos fontes alternativas de alimento. Talvez uma alteração climática tenha escasseado a caça e coleta. (...) O fato é que desenvolvemos a agricultura e, assim, conhecemos o lado agressivo de novos microrganismos. (...) Uma nova história infecciosa iniciou-se há cerca de dez mil anos. Surgiram epidemias de malárias transmitidas pela picada de mosquitos. (...) Desmatamos o meio para criarmos áreas agrícolas e de moradia. Construímos canais de irrigação para nutrirmos os solos plantados. Erguemos represas para acúmulo de água necessária e controlarmos seu fornecimento. Essas áreas alagadas eram propícias para que os mosquitos depositassem seus ovos. Assim, o número de mosquitos aumentou e eles passaram a preferir o sangue humano em vez dos animais no interior das matas.
(Stefan Cunha Ujvari, A História da Humanidade Contada pelos Vírus. Adaptado)

5. O texto sugere ao professor um tema de trabalho, que oferece,
a) uma proposta de estudo factual da história, explicitada por meio de acontecimentos que marcaram o deslocamento humano pelo mundo, concomitante ao nascimento das primeiras civilizações há cerca de dez mil anos atrás.
b) as trilhas dos primeiros humanos pela Ásia em busca de caça e coleta, as causas naturais do nascimento das primeiras civilizações e do surgimento da malária, que até hoje aflige os países desenvolvidos do planeta.
c) o deslocamento dos antepassados do Homo sapiens pelo mundo atrás de terras cultivada ao redor de lagos, rios e represas, dando origem às cidades e à consequente gênese do plasmódium falciparum.
(D) um modelo de estudo de História Integrada, apontando para os antepassados humanos, infectados pela malária africana que, ao se deslocarem por outros continentes em busca de melhores condições de vida, acabaram disseminando a doença pelo planeta.
(E) uma proposta científica e interdisciplinar dos movimentos populacionais na pré-história, suas transformações ambientais com os avanços tecnológicos e as possíveis causas de doenças e epidemias fatais.


resposta da questão 5:[E]




6. (Ufpb 2007) As relações entre as explicações míticas e as científicas encontram, na origem da espécie humana, um dos pontos fundamentais e controvertidos.
Sobre tais explicações, leia as afirmativas.
I. O livro do Gênesis estabelece, sobretudo para as tradições religiosas judaico-cristãs, o mito do Éden, no qual viviam Adão, criado por Deus e feito à sua semelhança, e Eva, criada também por Ele a partir de uma costela de Adão. Desse casal, descenderiam todos os homens. Os partidários dessa explicação são chamados de CRIACIONISTAS.

II. O livro "A Origem das Espécies", de autoria do naturalista inglês do século XIX, Charles Darwin, estabelece, nas tradições modernas, a consolidação de uma explicação científica sobre o aparecimento da vida e o surgimento do 'homo sapiens', que seria resultado das mutações genéticas adaptativas de símios. Essa explicação ficou conhecida como EVOLUCIONISTA.

III. O conhecimento histórico, baseado nas concepções científicas, demarca o aparecimento da espécie humana no período Paleolítico ou Idade da Pedra Lascada, ao que se segue o período Neolítico ou Idade da Pedra Polida e depois o período da Idade dos Metais, que, reunidos, compõem a chamada "PRÉ-HISTÓRIA".

Está(ão) correta(s):
a) apenas I
b) apenas II
c) apenas I e II
d) apenas II e III
e) I, II e III




resposta da questão 6:[E]



7. (Enem 2007)
 
A pintura rupestre mostrada na figura anterior, que é um patrimônio cultural brasileiro, expressa
a) o conflito entre os povos indígenas e os europeus durante o processo de colonização do Brasil.
b) a organização social e política de um povo indígena e a hierarquia entre seus membros.
c) aspectos da vida cotidiana de grupos que viveram durante a chamada pré-história do Brasil.
d) os rituais que envolvem sacrifícios de grandes dinossauros atualmente extintos.
e) a constante guerra entre diferentes grupos paleoíndios da América durante o período colonial.



resposta da questão 7:[C]

8. (Ufscar 2006) (...) Pré-História do Brasil compreende a existência de uma crescente variedade linguística, cultural e étnica, que acompanhou o crescimento demográfico das primeiras levas constituídas por poucas pessoas (...) que chegaram à região até alcançar muitos milhões de habitantes na época da chegada da frota de Cabral. (...) não houve apenas um processo histórico, mas numerosos, distintos entre si, com múltiplas continuidades e descontinuidades, tantas quanto as etnias que se formaram constituindo ao longo dos últimos 30, 40, 50, 60 ou 70 mil longos anos de ocupação humana das Américas.
(Pedro Paulo Funari e Francisco Silva Noeli. "Pré-História do Brasil", 2002.)

Considerando o texto, é correto afirmar que
a) as populações indígenas brasileiras são de origem histórica diversa e, da perspectiva linguística, étnica e cultural, se constituíram como sociedades distintas.
b) uma única leva imigratória humana chegou à América há 70 mil anos e dela descendem as populações indígenas brasileiras atuais.
c) a concepção dos autores em relação à Pré-História do Brasil sustenta-se na ideia da construção de uma experiência evolutiva e linear.
d) os autores descrevem o processo histórico das populações indígenas brasileiras como uma trajetória fundada na ideia de crescente progresso cultural.
e) na época de Cabral, as populações indígenas brasileiras eram numerosas e estavam em um estágio evolutivo igual ao da Pré-História europeia.




resposta da questão 8:[A]

9. (Ufrgs 2006) A denominação "Revolução Neolítica", cunhada nos anos 60 pelo arqueólogo Gordon Childe, refere-se a uma série de intensas transformações. Entre essas mudanças, é correto citar
a) a criação do poder político centralizado associado ao domínio do poder religioso.
b) o desenvolvimento de conglomerados urbanos baseados no trabalho escravo.
c) a instituição privada das terras, com o cultivo de cereais e a criação de animais.
d) o surgimento da divisão natural do trabalho, com a atribuição de papel produtivo relevante à mulher.
e) a transição da economia de subsistência para uma economia industrial.


resposta da questão 9:[D]




10. (Ufpel 2006)
Texto 1
"Em todo o mundo, a leste e a oeste, as populações começaram a trocar a dependência às hordas de grandes animais "muitas das quais em rápido declínio" pela exploração de animais menores e de plantas. [...] Onde as condições fossem particularmente adequadas [...], as peças do quebra-cabeça da domesticação se acomodaram e os coletores transformaram-se em agricultores."
CROSBY, Alfred W. "Imperialismo ecológico". São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

Texto 2
"Os historiadores acostumaram-se a separar a coleta e a agricultura como se fossem duas etapas da evolução humana bastante diferentes e a supor que a passagem de uma à outra tivesse sido uma mudança repentina e revolucionária. Hoje, contudo, admite-se que essa transição aconteceu de maneira gradual e combinada. Da etapa em que o homem era inteiramente um caçador-coletor passou-se para outra em que começava a executar atividades de cultivo de plantas silvestres [...] e de manipulação dos animais [...]. Mas tudo isso era feito como uma atividade complementar da coleta e da caça."
In: VICENTINO, Cláudio. História para o ensino médio: história geral e do Brasil. São Paulo: Scipione, 2005.

Os textos analisam
a) o final do Período Neolítico e se posicionam de forma convergente quanto ao papel revolucionário desempenhado pela agricultura e pela domesticação dos animais.
b) o início do Período Neolítico e divergem entre si a respeito da existência da Revolução Neolítica, pois enquanto um indica uma transformação radical, o outro destaca a simultaneidade da caça, coleta e agricultura.
c) o início do Paleolítico Inferior e são contraditórios entre si, no que se relaciona aos efeitos da agricultura, dentre eles a sedentarização humana.
d) o final do Paleolítico Superior, no momento em que ocorreu a Revolução Agrícola, ambos afirmando que a caça e a coleta foram suprimidas pela agricultura.
e) a Transição Mesolítica, e concordam que, com o cultivo das plantas e a criação de animais, ocorreu a suspensão das atividades de caça e coleta, provocando a Revolução Neolítica.



resposta da questão 10:[B]


11. (Vunesp 2009) A relação existente entre a Revolução Agrícola e a formação das tribos e das primeiras civilizações pode ser explicada pelo

I. início da sedentarização do homem, no período Neolítico;
II. fato de a mulher ser biologicamente inferior ao homem, o que levou as comunidades naturalmente à divisão sexual 
de trabalho na sociedade neolítica;
III. aumento populacional e pelo excedente da produção agropecuária;
IV. trabalho em conjunto, trocando conhecimentos e gerando tecnologias para trabalhar o solo, formando as cidades;
V. processo de formação de uma liderança com poder teocrático, capaz de controlar a população política, econômica e socialmente.

Estão corretas as afirmativas
a) I, II, III e IV, apenas.
b) I, III, IV e V, apenas.
c) II, III, IV e V, apenas.
d) II, III e V, apenas.
e) I, II, III, IV e V.



resposta da questão 11:[B]




12. (ENEM-2006) Segundo a explicação mais difundida  sobre o povoamento da América, grupos asiáticos teriam chegado a esse continente pelo Estreito de Bering, há 18 mil anos. 
A partir dessa região, localizada no extremo noroeste do continente americano, esses grupos e seus descendentes  teriam migrado, pouco a pouco, para outras áreas, chegando ate a porção sul do continente. Entretanto, por meio de estudos arqueológicos realizados no Parque Nacional da Serra da Capivara (Piauí), foram descobertos vestígios da presença humana que teriam ate 50 mil anos de idade. 
Validadas, as provas materiais encontradas pelos arqueólogos no Piauí 
a) comprovam que grupos de origem africana cruzaram o oceano Atlântico ate o Piauí ha 18 mil anos. 
b) confirmam que o homem surgiu primeiramente na América do Norte e, depois, povoou os outros continentes. 
c) contestam a teoria de que o homem americano surgiu primeiro na América do Sul e, depois, cruzou o Estreito de Bering. 
d) confirmam que grupos de origem asiática cruzaram o Estreito de Bering ha 18 mil anos. 
e) contestam a teoria de que o povoamento da América teria iniciado ha 18 mil anos. 




resposta da questão 12: [E] 




13. (ETEs-2007) Os metais, explorados desde a Idade do Bronze, são muito utilizados até hoje, por exemplo, na aeronáutica, na eletrônica, na comunicação, na construção civil e na indústria automobilística. 
Sobre os metais, pode-se afirmar que são 
a) bons condutores de calor e de eletricidade, assim como os não-metais. 
b) materiais que se quebram com facilidade, característica semelhante aos cristais. 
c) materiais que apresentam baixo ponto de fusão, tornando-se sólidos na temperatura ambiente. 
d) encontrados facilmente na forma pura ou metálica, sendo misturados a outros metais, formando o mineral. 
e) maleáveis, transformando-se em lâminas, por exemplo, quando golpeados ou submetidos a rolo compressor. 



resposta da questão 13: [E]





14. (ETEs-2007) Na Pré-História, o homem já criava animais, cultivava o solo e dispunha de objetos de metais, tais como lanças, ferramentas e machados. 
(Adaptado de: <http://www.suapesquisa.com/prehistoria> acessado em: fev. 2007.) 

Com base nessas informações, foram formuladas algumas hipóteses. Escolha, na relação a seguir, as hipóteses compatíveis com aquela época. 
I. Houve domesticação e cultivo de plantas. 
II. Ocorreu melhoria na alimentação e na qualidade de vida das pessoas. 
III. Os alimentos eram transportados por navios. 
IV. A vida nômade teve início. 

É correto o que se afirma apenas em 
a) I e II. 
b) II e III. 
c) III e IV. 
d) I, II e III. 
e) II, III e IV.



resposta da questão 14: [A] 



15. (UFPE-1996) Na Pré-História encontramos fases do desenvolvimento humano. Qual a alternativa que apresenta características das atividades do homem na fase neolítica? 
a) Os homens praticavam uma economia coletora de 
alimentos. 
b) Os homens fabricavam seus instrumentos para 
obtenção de alimentos e abrigo. 
c) Os homens aprenderam a controlar o fogo.  
d) Os homens conheciam uma economia comercial e já praticavam os juros. 
e) Os homens cultivavam plantas e domesticavam animais, tornando-se produtores de alimentos. 



resposta da questão 15: [E] 






16. (ETEs-2007) Leia as afirmações a seguir que exemplificam a exploração da natureza ao longo da história. 
• No período da Idade da Pedra, os homens usavam armas e ferramentas, lapidando pedaços de rochas encontradas na natureza. 
• O uso do cobre para a fabricação de utensílios domésticos, provavelmente, deve-se à constatação de sua fusão em uma fogueira feita sobre rochas que continham esse minério. 
• Os primeiros registros de uma bebida alcoólica, feita a partir da fermentação de cereais, datam das civilizações mesopotâmicas, podendo ser considerada uma das mais antigas técnicas de produção. 
• Na Idade Média, o processo de conservação das carnes era feito por meio da salga e da defumação (secar ou expor à fumaça). 


Analisando esses fenômenos, pode-se afirmar que ocorre a transformação química apenas nos processos de 
a) lapidar rochas e fundir cobre. 
b) fundir cobre e defumar carne. 
c) fundir cobre e fermentar cereais. 
d) lapidar rochas e fermentar cereais. 
e) fermentar cereais e defumar carne.



resposta da questão 16: [E] 



17.  (UFSCar-2000) Entre as transformações havidas na passagem da pré-história para o período propriamente histórico, destaca-se a formação de cidades em regiões de 

A) solo fértil, atingido periodicamente pelas cheias dos rios, permitindo grande produção de alimentos e crescimento populacional. 
B) difícil acesso, cuja disposição do relevo levantava barreiras naturais às invasões de povos que viviam do saque de riquezas. 
C) entroncamento de rotas comerciais oriundas de países e continentes distintos, local de confluência de produtos exóticos. 
D) riquezas minerais e de abundância de madeira, condições necessárias para a edificação dos primeiros 
núcleos urbanos. 
E) terra firme, distanciada de rios e de cursos d’água, com grau de salubridade compatível com a concentração populacional. 



resposta da questão 17: [A]

18. (UFSCar-2008) É, pois, nas sociedades orais que não apenas a função da memória é mais desenvolvida, mas também a ligação entre o homem e a Palavra é mais forte. Lá onde não existe a escrita, o homem está ligado à palavra que profere. Está comprometido por ela. Ele é a palavra, e a palavra encerra um testemunho daquilo que ele é. (...) Nas tradições africanas - pelo menos nas que conheço e que dizem respeito a toda a região de savana ao sul do Saara -, a palavra falada se empossava, além de um valor moral fundamental, de um caráter sagrado vinculado à sua origem divina e às forças ocultas nela depositadas. Agente mágico por excelência, grande vetor de “forças etéreas”, não era utilizada sem prudência. números fatores - religiosos, mágicos ou sociais - concorrem, por conseguinte, para preservar a fidelidade da transmissão oral (...). 
(A. Hampaté Bâ. A tradição viva. In: J. Ki-Zerbo (org.). História geral da África, 1982.) 


a) Escreva sobre a importância da criação da escrita na diferenciação entre sociedades pré-históricas e históricas, que esteve presente, durante muito tempo, no pensamento europeu. 
b) A partir da interpretação do texto apresentado, escreva por que é possível escrever a história de sociedades orais.




resposta da questão 18:
a) A historiografia européia cunhou o termo Pré-História para designar o período que antecedeu a invenção da escrita. Esta foi considerada, assim, como um divisor na análise do percurso humano, pois permitiria aos historiadores estabelecer interpretações baseadas em registros linguísticos. Lendo os textos gerados por diversas civilizações, portanto, teríamos delas uma compreensão diferente daquela possível sobre os povos sem escrita. 
b) Segundo o texto, as sociedades orais teriam a função da memória mais desenvolvida, uma ligação mais forte com a palavra, vista como sagrada. Desse modo o historiador, através do levantamento sistematizado de depoimentos, tem sim como se aproximar da realidade histórica desses povos. 



19. (UECE) No Paleolítico, praticava-se o nomadismo em larga escala, enquanto que no Mesolítico, o nomadismo é reduzido, pois os grupos permanecem circunscritos a uma determinada região respeitando os ciclos da natureza, a mudança das estações climáticas e as migrações dos animais. Assim, o Neolítico assinala o fim do nomadismo. Assinale o correto.
a)    A sedentarização dos primeiros grupos humanos impulsionou a organização das primeiras vilas com habitações fixas, o desenvolvimento da organização social e a divisão do trabalho.
b)    O processo de sedentarização dos primeiros grupos humanos, não contribuiu para nem alterou significativamente o desenvolvimento da agricultura, pois eles eram, essencialmente, pastores e nômades.
c)     Os primeiros grupos humanos, nas três fases da Idade da Pedra, praticaram o nomadismo e o sedentarismo, assim como as atividades de caça e coleta.
d)    A sedentarização não contribuiu para o desenvolvimento da agricultura, assim como não foi importante para o nascimento das primeiras vilas.





resposta da questão 19:[A]

Comentário da questão:

A Revolução Agrícola, durante o período Neolítico, foi fundamental para a sedentarização da sociedade. A partir da produção do excedente agrícola, foram viabilizadas as trocas comerciais, cujos registros impulsionavam o desenvolvimento da escrita. A partir do Neolítico, portanto, foram lançadas as bases de uma sociedade de classes, a partir da propagação da propriedade privada. A formação do estado foi estratégica no sentido de organizar a produção do excedente agrícola.


20. (Covest-1997) A arte é uma criação humana, fundamentada na cultura e no processo histórico, sobre as várias modalidades da arte pode-se afirmar. Assinale V ou F. 

( ) Durante a Pré-história o "homo-sapiens" desenvolveu a técnica da pintura sobre a rocha, conhecida como arte rupestre, e através dela nos deixou imagens de outros aspectos de sua cultura. 
( ) Os romanos desenvolveram sua arte com base na arte etrusca e também receberam influência dos gregos, no que diz respeito à arquitetura e aos motivos governamentais. 
( ) O movimento literário, artístico e científico que nasceu na Itália e se propagou pela Europa Ocidental dos séculos XV e XVI denomina-se Renascimento. 
( ) A arquitetura moderna teve nos irmãos Perret e em Le Corbusier seus precursores, que a partir de 1922 utilizaram em lugar da construção metálica, a construção em cimento armado. 
( ) Das experiências dos irmãos franceses Lumiére e do americano Thomas Edison surgiu de uma nova arte - o cinema - que rapidamente se transformou em uma promissora indústria de arte e entretenimento. 


resposta da questão 20:  (V),(F), (F), (F),(F) 


21. (Covest-1997) A arqueologia é técnica científica usada pelos historiadores para resgatar o passado mais remoto da humanidade através de seus vestígios materiais; graças à arqueologia é que existe o conhecimento da Pré-história. 


Assinale a alternativa que não corresponde à Pré-história: 
a) Estudos comprovam que os tipos Neanderthalenses e Arcantropinos habitavam parte da África, Ásia e Europa há cerca de 200 mil anos atrás. 
b) As raças Grimalde e a Cro-Magnon são consideradas Homo Sapiens. 
c) No mesolítico as técnicas de produção dos artefatos variavam entre as formas paleolíticas anteriores e as formas neolíticas posteriores. 
d) O Homem de Neanderthal desenvolveu sua cultura material no paleolítico médio. 
e) Os historiadores têm compreendido mais claramente a vida cotidiana da cidade de Pompéia, na Itália, a partir das escavações arqueológicas. 





resposta da questão 21: [E ]



22. (UFSCar-2006) (...) Pré-História do Brasil compreende a existência de uma crescente variedade linguística, cultural e étnica, que acompanhou o crescimento demográfico das primeiras levas constituídas por poucas pessoas (...) que chegaram à região até alcançar muitos milhões de habitantes na época da chegada da frota de Cabral. (...) não houve apenas um processo histórico, mas numerosos, distintos entre si, com múltiplas continuidades e descontinuidades, tantas quanto as etnias que se formaram constituindo ao longo dos últimos 30, 40, 50, 60 ou 70 mil longos anos de ocupação humana das Américas. 
(Pedro Paulo Funari e Francisco Silva Noeli. Pré-História do Brasil, 2002.) 
Considerando o texto, é correto afirmar que 
A) as populações indígenas brasileiras são de origem histórica diversa e, da perspectiva linguística, étnica e cultural, se constituíram como sociedades distintas. 
B) uma única leva imigratória humana chegou à América há 70 mil anos e dela descendem as populações indígenas brasileiras atuais. 
C) a concepção dos autores em relação à Pré-História do Brasil sustenta-se na ideia da construção de uma experiência evolutiva e linear. 
D) os autores descrevem o processo histórico das populações indígenas brasileiras como uma trajetória fundada na ideia de crescente progresso cultural. 
E) na época de Cabral, as populações indígenas brasileiras eram numerosas e estavam em um estágio evolutivo igual ao da Pré-História europeia. 





resposta da questão 22: [A] 




23. (UFPE-1995) "Já se afirmou ser a História uma continuação da História Natural, havendo uma analogia entre a evolução orgânica e o progresso da cultura". 
Sobre a Pré-História, qual das alternativas a seguir é incorreta? 
a) Várias ciências auxiliam o estudo, como a Antropologia, a Arqueologia e a Química. 
b) A Pré-História pode ser dividida em Paleolítico e Neolítico, noque se refere ao processo técnico de trabalhar a pedra. 
c) Sobre o Paleolítico, podemos afirmar que foi o período de grande desenvolvimento artístico, cujo exemplo são as pinturas antropomorfas e zoomorfas realizadas nas cavernas. 
d) O Neolítico apresentou um desenvolvimento artístico diferente do Paleolítico, através dos traços geométricos do desenho e da pintura. 
e) Os primeiros seres semelhantes ao homem foram os Australopitecus e o Homem de Java que eram bem mais adaptados que o Homem de Neanderthal. 


resposta da questão 23: [D]

24. (UFAL)  À luz do conhecimento atual, observe a ilustração  abaixo e aponte a alternativa que melhor responde  a pergunta: o homem é originário do macaco?





A) A espécie Homo sapiens se distingue de outros hominídeos e, portanto, não se originou dos macacos, que são primatas. 
B) Os gêneros Homo e Australopithecus representam o homem moderno e conviveram na mesma época com os macacos; assim, não são seus descendentes. 
C) Chimpanzés são bípedes e parecidos morfologicamente com o homem; portanto, os chimpanzés deram origem ao homem. 
D) Os seres humanos e chimpanzés possuíam um ancestral em comum e divergiram ao longo da evolução. 
E) Os seres humanos e chimpanzés convergiram ao longo da evolução.



resposta da questão 24:[D]


Comentário da questão: 
 A teoria evolutiva humana postula que o gênero Homo, que deu origem aos seres humanos, e o gênero Australopithecus, separaram-se há cerca de 2,3 milhões de anos. Ambos representam hominídeos 
que derivaram possivelmente de um ancestral comum (evolução divergente ou adaptativa).


25. (UFRS) No Egito Antigo, a escrita tinha uma grande importância para o desenvolvimento de atividades sagradas e do cotidiano.Poucos tinham o privilégio de dominá-la e estes trabalhavam para o Estado.Atualmente, os analfabetos funcionais são aqueles que não desenvolvem habilidades de interpretação e de fazer operações matemáticas.
Recentemente, no estado americano de Arkansas, a teoria da evolução elaborada por Charles Darwin foi retirada dos currículos e teve proibida a sua utilização. Não obstante, os estudos paleontológicos, antropológicos e arqueológicos vêm possibilitando avanços na compreensão do período da pré-história, confirmando a existência de um longo período em que ocorreu o processo de hominização. Sobre esse processo, analise as afirmações abaixo. 

I - As mais antigas formas de vida humana registradas pela Paleontologia denominam-se hominídeos, como comprovam os achados dos fósseis identificados como Australopithecus, Pithecantropus, Sinantropus, entre outros. 
II - Os fósseis demonstram que, no curso evolutivo da Humanidade, mais de um milhão de anos antes de surgir o Homo Sapiens , existiram várias espécies a caminho da humanização, e as mudanças físicas ocorridas ao longo de centenas de milhares de anos propiciaram sua adaptação a qualquer ambiente. 
III - As evidências arqueológicas indicam que a espécie humana não nasceu pronta nem física, nem culturalmente. Necessitou de um enorme período de tempo para desenvolver um conjunto de habilidades técnicas e de conhecimentos que lhe permitisse elaborar instrumentos de trabalho e utensílios. 

Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas II e III.
e) I, II e IIl.



resposta da questão 25:[D]

26. (G1) Faz muito tempo que o diálogo sobre a origem do homem vem revelando descobertas científicas e esclarecendo, mesmo que de maneira provisória, a expansão dos seres humanos pelo planeta terra. Descoberto há poucos anos, o Australopithecus garhi é considerado:
a) um ancestral do homem que viveu entre quatro e três milhões de anos atrás.
b) o elo perdido entre o homo habilis e o homo erectus .
c) da espécie a que pertencia Lucy, o mais famoso dos antepassados da humanidade.
d) um hominídeo que viveu entre o Australopithecus aferensis e os Homo habilis e erectus .
e) um ancestral do homem de cérebro menor e menos inteligência que os Australopithecus boisei que viveram na África, há cerca de dois milhões de anos atrás.



resposta da questão 26:[D]


27. (G1) 


Analisando a linha do tempo, no período que vai do surgimento do homem até o desenvolvimento da agricultura, encontra-se a fase
a) Neolítica.
b) da invenção da escrita.
c) dos Metais.
d) da Antiguidade.
e) Paleolítica.


resposta da questão 27:[E]



28. (UFRS) A denominação "Revolução Neolítica", cunhada nos anos 60 pelo arqueólogo Gordon Childe, refere-se a uma série de intensas transformações. Entre essas mudanças, é correto citar
a) a criação do poder político centralizado associado ao domínio do poder religioso.
b) o desenvolvimento de conglomerados urbanos baseados no trabalho escravo.
c) a instituição privada das terras, com o cultivo de cereais e a criação de animais.
d) o surgimento da divisão natural do trabalho, com a atribuição de papel produtivo relevante à mulher.
e) a transição da economia de subsistência para uma economia industrial.



resposta da questão 28:[D]

29. Nas últimas décadas o Piauí vem figurando como um tema obrigatório nas discussões sobre o primitivo povoamento do território americano, o que decorre, principalmente, dos achados arqueológicos da Serra da Capivara, no município piauiense de São Raimundo Nonato. Sobre esse assunto, assinale, nas alternativas a seguir, aquela que está INCORRETA:
a) Os municípios de São Raimundo Nonato, no Piauí, e de Central, na Bahia, detêm os mais antigos vestígios da presença humana na região nordeste.
b) O acervo arqueológico de São Raimundo Nonato é administrado pela FUMDHAM - Fundação Museu do Homem Americano.
c) A arqueóloga Niede Guidon, personalidade mais conhecida entre os profissionais que atuam junto ao acervo arqueológico de São Raimundo Nonato, tem protagonizado, ao longo dos anos, vários conflitos e polêmicas com o governo do Piauí, com órgãos federais como o IBAMA e até mesmo, com nativos do município de São Raimundo Nonato.
d) Os achados arqueológicos de São Raimundo Nonato, no Piauí, assim como aqueles encontrados na Bahia, impõem uma revisão das teorias sobre o povoamento da América e não deixam dúvidas quanto à natureza autóctone do homem americano.
e) Hoje, apesar de ainda ser forte a tese do povoamento da América ter-se dado através do Estreito de Behring, os estudiosos, a partir de acervos arqueológicos como os do Piauí, consideram seriamente a hipótese de múltiplas correntes de povoamento. Quanto à data da chegada dos primeiros povoadores, ainda há muitas controvérsias, não estando, em rigor, nada definitivamente estabelecido.



resposta da questão 29:[D]


30. (G1) Na Pré-História, o homem já criava animais, cultivava o solo e dispunha de objetos de metais, tais como lanças, ferramentas e machados. 

(Adaptado de: acessado em: fev. 2007.) 

Com base nessas informações, foram formuladas algumas hipóteses. Escolha, na relação a seguir, as hipóteses compatíveis com aquela época. 
I. Houve domesticação e cultivo de plantas. 
II. Ocorreu melhoria na alimentação e na qualidade de vida das pessoas. 
III. Os alimentos eram transportados por navios. 
IV. A vida nômade teve início.

 É correto o que se afirma apenas em
a) I e II.
b) II e III.
c) III e IV.
d) I, II e III.
e) II, III e IV.



resposta da questão 30:[A]



31. (UFSCar-2008) É, pois, nas sociedades orais que não apenas a função da memória é mais desenvolvida, mas também a ligação entre o homem e a Palavra é mais forte. Lá onde não existe a escrita, o homem está ligado à palavra que profere. Está comprometido por ela. Ele é a palavra, e a palavra encerra um testemunho daquilo que ele é. (...)
Nas tradições africanas - pelo menos nas que conheço e que dizem respeito a toda a região de savana ao sul do Saara -, a palavra falada se empossava, além de um valor moral fundamental, de um caráter sagrado vinculado à sua origem divina e às forças ocultas nela depositadas. Agente mágico por excelência, grande vetor de “forças etéreas”, não era utilizada sem prudência. Inúmeros fatores - religiosos, mágicos ou sociais -concorrem, por conseguinte, para preservar a fidelidade da transmissão oral (...).


(A. Hampaté Bâ. A tradição viva. In: J. Ki-Zerbo (org.). História geral da África, 1982.)

a) Escreva sobre a importância da criação da escrita na diferenciação entre sociedades pré-históricas e históricas, que esteve presente, durante muito tempo, no pensamento europeu.

b) A partir da interpretação do texto apresentado, escreva por que é possível escrever a história de sociedades orais.


resposta da questão 31:

a)  A historiografia europeia cunhou o termo Pré-História para designar o período que antecedeu a invenção da escrita. Esta foi considerada, assim, como um divisor na análise do percurso humano, pois permitiria aos historiadores estabelecer interpretações baseadas em registros linguísticos. Lendo os textos gerados por diversas civilizações, portanto, teríamos delas uma compreensão diferente daquela possível sobre os povos sem escrita.


b) Segundo o texto, as sociedades orais teriam a função da memória mais desenvolvida, uma ligação mais forte com a palavra, vista como sagrada. Desse modo o historiador, através do levantamento sistematizado de depoimentos, tem sim como se aproximar da realidade histórica desses povos.



32. (ENEM) Se compararmos a idade do planeta Terra, avaliada em quatro e meio bilhões de anos , com a de uma pessoa de 45 anos, então, quando começaram a florescer os primeiros vegetais, a Terra já teria 42 anos. Ela só conviveu com o homem moderno nas últimas quatro horas e, há cerca de uma hora, viu-o começar a plantar e a colher. Há menos de um minuto percebeu o ruído de máquinas e de indústrias e, como denuncia uma ONG de defesa do meio ambiente, foi nesses últimos sessenta segundos que se produziu todo o lixo do planeta!
O texto acima, ao estabelecer um paralelo entre a idade da Terra e a de uma pessoa, pretende mostrar que:
(A) a agricultura surgiu logo em seguida aos vegetais, perturbando desde então seu desenvolvimento.
(B) o ser humano só se tornou moderno ao dominar a agricultura e a indústria, em suma, ao poluir.
(C) desde o surgimento da Terra, são devidas ao ser humano todas as transformações e perturbações.
(D) o surgimento do ser humano e da poluição é cerca de dez vezes mais recente que o do nosso planeta.
(E) a industrialização tem sido um processo vertiginoso, sem precedentes em termos de dano ambiental.




resposta da questão 32:[E]

Comentário da questão:

Habilidade: Relacionar o uso das tecnologias com os impactos sócio-ambientais em diferentes contextos histórico-geográficos.
Comentários: Seguindo a tendência de interdisciplinaridade do Enem, esta questão utiliza um contexto de geografia, para discutir um período histórico e problemas ambientais. A agricultura é uma atividade humana relativamente recente (aproximadamente 10 mil anos), se comparada com a idade da Terra. A industrialização moderna surgiu muito tempo depois, a partir do séc  XVIII, e é uma atividade que tem causado danos ambientais sem precedentes na História.




33. (ENEM) O assunto na aula de Biologia era a evolução do Homem. Foi apresentada aos alunos uma árvore filogenética, igual à mostrada na ilustração, que relacionava primatas atuais e seus ancestrais.

 Gráfico do Enem mostrando a evolução humana
Após observar o material fornecido pelo professor, os alunos emitiram várias opiniões, a saber:

I- os macacos antropoides (orangotango, gorila e chimpanzé e gibão) surgiram na Terra mais ou menos contemporaneamente ao Homem.
II- alguns homens primitivos, hoje extintos, descendem dos macacos antropoides.
III- na história evolutiva, os homens e os macacos antropoides tiveram um ancestral comum.
IV- não existe relação de parentesco genético entre macacos antropoides e homens.

Analisando a árvore filogenética, você pode concluir que:

a) todas as afirmativas estão corretas.
b) apenas as afirmativas I e III estão corretas.
c) apenas as afirmativas II e IV estão corretas.
d) apenas a afirmativa II está correta.
e) apenas a afirmativa IV está correta.







resposta da questão 33:[B]

Comentário da questão:

I. (Correta). A árvore filogenética mostra que os macacos antropoides e o homem surgiram na Terra mais ou menos contemporaneamente.
II. (Incorreta). Homens primitivos não descendem dos macacos antropoides.
III. (Correta). Os homens e os macacos antropoides tiveram um ancestral comum: o Dryopithecus.
IV. (Incorreta). A existência de um ancestral comum revela a existência de um parentesco genético (DNA) entre os macacos antropoides e o homem.


34. (Vunesp) Graças à cooperação da mão, dos órgãos da linguagem e do cérebro, não só em cada indivíduo, mas na sociedade como um todo, os homens foram se desenvolvendo cada vez mais, tornando-se capazes de executar operações complexas e alcançar objetivos mais elevados. O próprio trabalho foi se diversificando, aperfeiçoando-se a cada geração, e estendendo-se a novas atividades. A agricultura surgiu como alternativas para a caça e pesca; e mais tarde a fiação e a tecelagem, a manipulação de metais, a olaria e a navegação. Concomitantemente ao comércio e aos ofícios (hoje profissões) apareceram as artes e a ciência; das tribos saíram as nações e os Estados.

(F. Engels, Dialética da Natureza)
O autor identifica o desenvolvimento da espécie humana por meio
(A) do surgimento da agricultura, que tirou o homem do nomadismo, possibilitando o desenvolvimento das mãos e depois do cérebro.
(B) do desenvolvimento do tamanho do cérebro nos antropoides, ocasionado pelas mudanças geoclimáticas.
(C) da diversidade de alternativas de sobrevivência, aprimorando o cérebro de alguns homens, capacitando-os para a formação de sociedades biologicamente evoluídas.
(D) da capacidade de adquirir e desenvolver cultura e dos dotes físicos e mentais adquiridos no decorrer de sua evolução biológica.
(E) da formação das nações e dos Estados, que proporcionou a evolução humana mental e biológica, concomitantemente.



resposta da questão 34:[D]


35. (Vunesp) A relação existente entre a Revolução Agrícola e a formação das tribos e das primeiras civilizações pode ser explicada pelo

I. início da sedentarização do homem, no período Neolítico;
II. fato de a mulher ser biologicamente inferior ao homem, o que levou as comunidades naturalmente à divisão sexual de trabalho na sociedade neolítica;
III. aumento populacional e pelo excedente da produção agropecuária;
IV. trabalho em conjunto, trocando conhecimentos e gerando tecnologias para trabalhar o solo, formando as cidades;
V. processo de formação de uma liderança com poder teocrático, capaz de controlar a população política, econômica e socialmente.

Estão corretas as afirmativas
(A) I, II, III e IV, apenas.
(B) I, III, IV e V, apenas.
(C) II, III, IV e V, apenas.
(D) II, III e V, apenas.
(E) I, II, III, IV e V.


resposta da questão 35:[B]

36. (UFPel) 



Analisando a linha do tempo, no período que vai do  surgimento do homem até o desenvolvimento da  agricultura, encontra-se a fase 
a) Neolítica. 
b) da invenção da escrita. 
c) dos Metais. 
d) da Antiguidade. 
e) Paleolítica.



resposta da questão 36:[A]

Comentário da questão:

O surgimento da agricultura marca definitivamente a transição do Paleolítico para o Neolítico



37. (Ufes 2007)  "À grande transformação econômica da Idade do Bronze dá-se o nome de Revolução Urbana. Essa revolução correspondeu à passagem das comunidades agrícolas auto-suficientes para cidades, com comércio e artesanato especializado. A agricultura continuou como a principal atividade econômica, mas a economia, antes agrícola e pastoril, ganhou maior diversidade e complexidade com a multiplicação dos ofícios ou profissões e com o estabelecimento de um sistema regular de trocas. Assim, por volta de 3000 a.C., o Egito, a Mesopotâmia e o Vale do Indo já não eram mais um conjunto de aldeias de agricultores auto-suficientes, mas constituíam Estados, com uma complexa organização social."                   


(AQUINO, R. S. et al. "História das sociedades, das comunidades primitivas às sociedades medievais". Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1980. p. 77-78. Adaptado.)   


Dos itens a seguir, o único que NÃO pode ser considerado característica da Revolução Urbana que resultou na formação da Civilização Mesopotâmica por volta de 3000 a.C. é


a) a escrita cuneiforme.
b) a metalurgia do bronze.
c) o modo-de-produção escravista.
d) a arquitetura monumental, com destaque para os "zigurates".
e) o sistema de Cidades-Estados independentes (Ur, Lagash, Nippur, Umma e outras).



resposta da questão 37:[C]

39. (Ufrgs 2008)  A Idade da Pedra costuma ser dividida em três períodos: Paleolítico, Mesolítico e Neolítico. Associe as cinco características da Idade da Pedra listadas a seguir, no bloco inferior, aos períodos citados no bloco superior.  

1 - Paleolítico
2 - Mesolítico
3 - Neolítico  

(     ) domesticação de animais
(     ) descoberta do fogo
(     ) formas e motivos abstratos na arte
(     ) artefatos de pedra lascada
(     ) difusão da agricultura  

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é

a) 3 - 1 - 2 - 1 - 3.
b) 1 - 3 - 1 - 2 - 3.
c) 2 - 1 - 3 - 3 - 1.
d) 1 - 2 - 3 - 2 - 1.
e) 3 - 2 - 1 - 3 - 2.




resposta da questão 38:[A]



39. (UFBA 2013) Acerca dos conhecimentos pré-históricos é correto afirmar:
(0) De acordo com a concepção tradicional, todo grupo humano que não desenvolveu a escrita vive na Pré-História.
(1) As imagens de figuras femininas pré-históricas são símbolos religiosos e não se relacionam, no período, com outros aspectos da vida humana.
(2) A Pré-História pode ser definida como uma história da faculdade de adaptação do homem.
(3) A Teoria de Darwin foi importante para que se pudesse identificar diferentes homens pré-históricos
(4) No Período Neolítico, o homem era predominantemente um parasita da natureza.
(5) O surgimento da escrita representou o principal fator para formação dos primeiros estados da Antiguidade





resposta da questão 39:[V, F, V, V, F, F]



40. (Ueg 2010) Grande parte da presença humana na Terra é  explicada pelos historiadores tendo como referência o termo “pré-história”.
Sobre esse período, discorra sobre os seguintes tópicos:
a) o significado da revolução neolítica;

b) as limitações conceituais do termo “pré-história”.




resposta da questão 40:

a) Espera-se que o candidato aponte os seguintes significados da Revolução Neolítica:
- Sedentarização
- Agricultura
- Cidades

b) Espera que o candidato possa apontar os seguintes problemas conceituais:
- Está permeado de eurocentrismo.
- Utiliza um critério restrito de classificação cultural – a escrita.
- Classifica as sociedades ágrafas como sendo ahistóricas.




aa


41. (ENEM) Entre 8 mil e 3 mil anos atrás, ocorreu o desaparecimento de grandes mamíferos que viviam na América do Sul. Os mapas a seguir apresentam a vegetação dessa região antes e depois de uma grande mudança climática que tornou essa região mais quente e mais úmida.
Revista Pesquisa Fapesp, nº- 98, 2004.

As hipóteses a seguir foram levantadas para explicar o desaparecimento dos grandes mamíferos na América do Sul.
I. Os seres humanos que só puderam ocupar a América do Sul depois que o clima se tornou mais úmido, mataram os grandes animais.
II. Os maiores mamíferos atuais precisam de vastas áreas abertas para manterem o seu modo de vida, áreas essas que desapareceram da América do Sul com a mudança climática, o que pode ter provocado a extinção dos grandes mamíferos sul-americanos.
III. A mudança climática foi desencadeada pela queda de um grande asteróide, a qual causou o desaparecimento dos grandes mamíferos e das aves.

É cientificamente aceitável o que se afirma

A)apenas em I.
B)apenas em II.
C)apenas em III.
D)apenas em I e II. 
E)em I, II e III. 


resposta da questão 41:[B]


42. (FGV-SP) Sobre a Revolução Urbana, pode-se afirmar que:
a) ocorreu no final do Paleolítico, graças à utilização de pedra polida pelo homem.
b) representou a intensificação do nomadismo.
c) começou quando os homens derrotaram o poder dos sacerdotes e inauguraram as cidades-Estados.
d) ocorreu no final do Neolítico, quando se ampliou a agricultura irrigada.
e) está ligada ao aparecimento da magia.




resposta da questão 42:[D]


43. (GI) São fatos ligados à Revolução Neolítica:
a) vida nômade e organização em tribos.
b) terras pertencentes ao Estado e escravismo.
c) domesticação de plantas e animais e sedentarização do homem.
d) escravidão, impostos em trabalho e vassalagem.

e) pintura em cavernas, vida nômade, caça e coleta de vegetais. 


resposta da questão 43:[C]


44. (UFPE) Na Pré-História encontramos fases do desenvolvimento humano. Qual a alternativa que apresenta características das atividades do homem na fase neolítica?
a) Os homens praticavam uma economia coletora de alimentos.
b) Os homens fabricavam seus instrumentos para obtenção de alimentos e abrigo.
c) Os homens aprenderam a controlar o fogo.
d) Os homens conheciam uma economia comercial e já praticavam os juros.
e) Os homens cultivavam plantas e domesticavam animais, tornando-se produtores de alimentos.


resposta da questão 44:[E]


45. (GI) As pinturas rupestres no Paleolítico tinham um significado mágico porque:
a) expressavam o culto aos deuses.
b) expressavam os valores religiosos.
c) expressavam deuses antropozoomórficos.
d) possuíam um caráter expressionista.
e) ao representar cenas de caça e animais, os homens primitivos desejavam sucesso na caça. 


resposta da questão 45:[E]


46. (UFPE) "Revolução Neolítica" é uma expressão criada pelo arqueólogo Gordon Childe, nos anos 60. Essa revolução implicou uma série de mudanças. A que tipo de mudanças se refere essa expressão?
(0) Mudanças econômicas
(1) Mudanças nas estruturas sociais
(2) Mudanças tecnológicas
(3) Mudanças ideológicas
(4) Aumento demográfico 


resposta da questão 46: V, V, V, F , V

47. (UFRGS-RS) Foi fator decisivo para a sobrevivência dos povos do período Neolítico:
a) a utilização de metais como cobre e bronze.
b) o nomadismo típico dos povos caçadores e coletores.
c) a revolução agrícola.
d) a revolução urbana e a formação dos impérios tecnocráticos.
e) a formação de religiões monoteístas. 


Resposta da questão 47:[C]

48. (FCSCL-SP) Examine as três proposições, julgando se são verdadeiras ou falsas. Em seguida, assinale a alternativa correta.
I. A Pré-História, época compreendida entre o aparecimento do homem sobre a Terra e o uso da escrita, é dividida tradicionalmente em dois períodos: Paleolítico e Neolítico.
II. A domesticação de animais e o surgimento da agricultura ocorreram apenas após a invenção da escrita, posterior, portanto, ao Neolítico.
III. A duração do Paleolítico é bem mais extensa que a do Neolítico, envolvendo níveis técnicos naturalmente mais primitivos.
a) Todas as proposições são verdadeiras.
b) Apenas as proposições I e II são verdadeiras.
c) Apenas as proposições I e III são verdadeiras.
d) Apenas as proposições II e III são verdadeiras.
e) Todas as proposições são falsas. 



resposta da questão 48:[C]

49. (UFSCAR) Entre as transformações havidas na passagem da pré-história para o período propriamente histórico, destaca-se a formação de cidades em regiões de

a) solo fértil, atingido periodicamente pelas cheias dos rios, permitindo grande produção de alimentos e crescimento
populacional.
b) difícil acesso, cuja disposição do relevo levantava barreiras naturais às invasões de povos que viviam do saque de
riquezas.
c) entroncamento de rotas comerciais oriundas de países e continentes distintos, local de confluência de produtos
exóticos.
d) riquezas minerais e de abundância de madeira, condições necessárias para a edificação dos primeiros núcleos
urbanos.
e) terra firme, distanciada de rios e de cursos d'água, com grau de salubridade compatível com a concentração
populacional


resposta da questão 49:[A]



50. (Vunesp-SP) "Existem numerosos tipos de alimentação que determinam diversos modos de vida, tanto nos animais como nos homens...
Os mais indolentes são pastores... Outros homens vivem da caça, alguns, por exemplo, vivem de pilhagem, outros vivem da pesca: são aqueles que vivem perto dos lagos, dos pântanos, dos rios ou de um mar piscoso; outros alimentam-se de pássaros ou de animais selvagens. Mas, de um modo geral, a raça humana vive, principalmente, da terra e do cultivo de seus produtos."
(Aristóteles. Política, séc. IV a.C.)
a) Qual o conceito de economia expresso pelo texto de Aristóteles?
b) Aponte uma diferença entre o conceito de economia de Aristóteles e o conceito de economia no capitalismo
.



resposta da questão 50:

 a) É a economia onde os seres humanos extraem da natureza as necessidades para o seu sustento chamada de "economia natural".
b) Como já foi dito acima a "economia natural" tem sua atividade econômica voltada ao seu próprio sustento, enquanto a capitalista, o lucro. Existem outras tais como: - na "economia natural" o padrão tecnológico é baixo e no capitalismo para se obter o lucro, existem um constante aprimoramento tecnológico - na "economia natural" produz-se para a subsistência e no capitalismo para o mercado - e outras...

51. (UFU-2002) "Todo sistema cultural tem a sua própria lógica e não passa de um ato primário de etnocentrismo tentar transferir a lógica de um sistema para outro." 

LARAIA, ROQUE CULTURA, UM CONCEITO ANTROPOL”GICO, 8. ED, RIO DE JANEIRO JORGE ZAHAR, 1993. 

Considerando o texto acima, marque a alternativa correta 
acerca das afirmções abaixo. 

I - As sociedades tribais são tão eficientes para produzir cultura quanto qualquer outra, mesmo quando não  possuem certos recursos culturais presentes em outras culturas. 
II - As sociedades selvagens são capazes de produzir cultura, mas estão mal adaptadas ao meio ambiente e, por isso, algumas nem sequer possuem o Estado. 
III - As chamadas sociedades indígenas são dotadas de recursos materiais e simbólicos eficientes para produzir cultura como qualquer outra, faltando-lhes apenas urna linguagem própria. 
IV - As chamadas sociedades primitivas conseguiram produzir cultura plenamente, ao longo do processo evolutivo, quando instituíram o Estado e as instituições escolares. 

A) I e II estão corretas. 
B) Apenas I estão correta. 
C) I e m estão corretas. 
D) I e IV estão corretas. 




resposta da questão 51: [B] 

52. (Ufes 2007) "À grande transformação econômica da Idade do Bronze dá-se o nome de Revolução Urbana. Essa revolução correspondeu à passagem das comunidades agrícolas auto-suficientes para cidades, com comércio e artesanato especializado. A agricultura continuou como a principal atividade econômica, mas a economia, antes agrícola e pastoril, ganhou maior diversidade e complexidade com a multiplicação dos ofícios ou profissões e com o estabelecimento de um sistema regular de trocas. Assim, por volta de 3000 a.C., o Egito, a Mesopotâmia e o Vale do Indo já não eram mais um conjunto de aldeias de agricultores auto-suficientes, mas constituíam Estados, com uma complexa organização social."
(AQUINO, R. S. et al. "História das sociedades, das comunidades primitivas às sociedades medievais". Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1980. p. 77-78. Adaptado.)

Dos itens a seguir, o único que NÃO pode ser considerado característica da Revolução Urbana que resultou na formação da Civilização Mesopotâmica por volta de 3000 a.C. é
a) a escrita cuneiforme.
b) a metalurgia do bronze.
c) o modo de produção escravista.
d) a arquitetura monumental, com destaque para os "zigurates".
e) o sistema de Cidades-Estados independentes (Ur, Lagash, Nippur, Umma e outras).

resposta da questão 52:[C]



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário